Carteira de identidade digital – Saiba como baixar o app

A identidade digital é um documento de identificação nacional, e nele contém as principais informações como data de nascimento, nome dos pais, CPF, além de uma foto 3×4. A digitalização dos produtos e serviços já é uma realidade no Brasil. O mesmo está acontecendo com o Governo Federal que desenvolveu aplicativo para centralizar todos os documentos principais dos cidadãos.

Como Funciona a Identidade digital?

Em resumo a identidade digital funciona igual ao RG físico e pode ser apresentado como documento oficial quando solicitado. E cada usuário possui um QR code, que ao baixar o aplicativo você usa para autenticar o documento. Assim evitar fraudes no sistema. Entretanto o RG digital ainda não substitui todos os documentos pessoais, já que muitas instituições ainda exigem os documentos físicos.

Estados que já está disponível a identidade digital

  • São Paulo
  • Ceará
  • Acre
  • Distrito Federal
  • Maranhão
  • Goiás
  • Paraná
  • Mato grosso
  • Rio Grande do Sul

Quem pode utilizar

Todos os cidadães que possuem o documento impresso pode realizar o cadastro na plataforma. Mas antes de baixar o aplicativo verifique se a sua identidade conta com o QR impresso. Porque como visto acima apenas em algumas regiões a identidade digital está disponível, mas em breve chegara a todas as regiões.

Em virtude de precisar do QR code, apenas os documentos emitidos a partir do ano de 2019 contam com esta opção. Se acaso seu RG foi emitido anterior a este ano é preciso solicitar uma nova via.

Como baixar a identidade digital?

Para baixar a identidade digital é muito simples. Primeiramente baixe o aplicativo RG Digital na loja de Apps do seu celular. Ele está disponível tanto para Android como para iOS. Logo após o download na tela inicial basta clicar na opção Adicionar RG e escanear o código QR impresso no verso do documento.

Votação

Nas eleições nacionais e municipais é possível votar apenas apresentando a carteira de identidade digital, assim como já é possível com o e-título. Sem precisar levar o documento na versão físico.

Isso também significa mais agilidade e uma possível solução para o extravio ou a perda desse documento, pois como é um documento que não se usa com tanta frequência é comum que seja perdido.

Leia também:

“CNH digital: como cadastrar e usar o aplicativo.”

“CRLV digital: aprenda como acessar”

Deixe um comentário